Usuarios da semana...

segunda-feira, 30 de abril de 2007

DESPERTADOR


Eu queria ser acordadA todos os dias por você. Queria não ter nenhum relógio, muito menos um despertador. Acordar; abrir os olhos e na cama, no quarto, só eu e você poderia ser de manhã, de tarde, à noite ou até de madrugada.

E você ao meu lado. Eu queria te acordar todos os dias com um beijo e o café da manhã.
O cheiro, os ruídos da vida lá fora entrando pela janela. A incrível harmonia da natureza. Nenhuma palavra, por desnecessária. Eu queria ser tudo simples como lavar o rosto, escovar os dentes, bocejar e sorrir pra você. Depois, café e pão. O silêncio.
Mas não é assim. Todos os dias, toca o rádio-relógio. Meu consolo é usar a tecla soneca; ela me dá mais nove minutos de sono. Quisera uma tecla soneca de nove horas – nem precisaria usá-las todas. Mas a tal tecla não passa de nove minutos; por isso, estou cansada. Acho que penso demais em você, tenho vontade de não pensar. Em você. Acabei de apertar minha tecla soneca para a vida. Daqui a quanto tempo mais acordarei assim?por quanto tempo mais apertarei a tecla soneca desta merda de relógio desesperador?